Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

É Oca A Estátua Da Liberdade

Comments on "É Oca A Estátua Da Liberdade"

 

Blogger Tiago Alves said ... (fevereiro 20, 2006 11:25 da manhã) : 

Bem.. eu não quero dizer que concordo..mas não sei se discordo. A lei é a lei. E o acusado sabia no que se poderia meter. Mas acho correcto que a sentença tome em consideração não só a gravidade da ofensa mas tambem o grau de reincindencia. Tres vezes parece-me adequado.. Quanto à prisao perpetua..

 

Blogger Pedro Santos Cardoso said ... (fevereiro 20, 2006 1:25 da tarde) : 

«Mas acho correcto que a sentença tome em consideração não só a gravidade da ofensa mas tambem o grau de reincindencia.»
Também eu. E, por exemplo, a nossa lei leva perfeitamente isso em conta. A questão não é essa: é a desproporção entre o facto cometido e a pena. Esta lei está ao nível das melhores leis no Irão.

 

Anonymous Devaneios Desintéricos said ... (fevereiro 20, 2006 10:48 da tarde) : 

Que pagode a sua ironia! E, sabendo que Oregon até é dos mais moderados, nem imaginemos os preceitos legais que existirão naqueles estados...

 

post a comment

Links to "É Oca A Estátua Da Liberdade"

Criar uma hiperligação