Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

segunda-feira, agosto 14, 2006

As mais belas rotundas de Portugal [5º]

Comments on "As mais belas rotundas de Portugal [5º]"

 

Blogger Caiano Silvestre said ... (agosto 14, 2006 2:26 da tarde) : 

Estória

O Presidente da Junta, (PdJ) quis orçamento para a feitura da obra.

Consultou uma empresa espanhola, uma empresa francesa e uma empresa portuguesa.

Recebeu o orçamento espanhol que era de 3000 euros. 1000 para os materiais, 1000 para a mão de obra e 1000 de projecto.

O projecto francês era de 6000 euros. 2000 de materiais, 2000 de mão de obra e 2000 de projecto.

O orçamento português era de 9000 euros. 3000 para o PdJ, 3000 para a empresa portuguesa e 3000 para a empresa espanhola fazer a obra.

 

Blogger Luís Bonifácio said ... (agosto 14, 2006 2:48 da tarde) : 

Conclusão:
O Presidente da Junta adjuducou à empresa espanhola. A meio da Obra devido a um erro do projecto (Não se fizeram prospecções no terreno) e a um pedido adicional do Presidente da Junta, o custo da obra disparou para 10 000 euros, todos suportados pelos municípes. O presidente da junta alegou que emborao erro do projecto fosse da responsabilidade da empresa espanhola, a meio da obra não se devia mudar de empreiteiro e mais valia continuar com o mesmo, asumindo a Junto os custos adicionais.

NOTA: A história é veridica, embora não se tenha passado ao nível da Junta de Freguesia.

 

Blogger José Raposo said ... (agosto 14, 2006 3:21 da tarde) : 

Mas o buraco de seis metros está ligado a algum ribeiro ou é simplesmente um buraco? para onde vai a àgua toda?

 

Blogger Pedro Santos Cardoso said ... (agosto 14, 2006 5:44 da tarde) : 

José,

passa por lá a Ribeira da Goldra, segundo me informaram. Mas já está escrito no post ;-)

Pois, caros Caiano e Luís, infelizmente esta é a estória da nossa administração...

 

Blogger V.F. said ... (agosto 15, 2006 10:31 da tarde) : 

Antes demais, parabéns pela ideia!
No nosso país, modelos de rotunda - já executados - é o que não falta, e muitas não têm como principal objectivo, como já se viu até nestas fotos, a sua função de ordenamento de tráfego.
Mas esta, a da ponte do rato, pelo que consta, na adjudicação houve uma baixa de praça. Que nos sirva de consolo, ao menos isso.
Aqui em Viseu, é coisa que não falta! Mal possa, enviarei um desses exemplares únicos dignos de registo, para a lista do blog.
Cumprimentos, de um assíduo leitor
Victor

 

Blogger Pedro Santos Cardoso said ... (agosto 15, 2006 10:53 da tarde) : 

Obrigado, Vítor.
Por cá ficamos à espera então desses exemplares das terras de Viriato. Amanhã, por acaso, devo passar lá o dia. Duvido, no entanto, que tenha oportunidade de tirar algumas fotografias.

Um abraço

 

Blogger .: Mr Brightside .: said ... (outubro 03, 2008 10:40 da manhã) : 

DESCRICAO

Ola, o que veem ´e a parte de cima da rotunda. Por baixo tem uma passagem de peoes de onde se pode observar de baixo para cima a agua a cair. Ou seja, aquilo n ´e um buraco apenas, ´e uma passagem. A agua que cai volta a seguir o seu percurso pois aquilo ´e um riacho

 

post a comment

Links to "As mais belas rotundas de Portugal [5º]"

Criar uma hiperligação