Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

terça-feira, agosto 15, 2006

As mais belas rotundas de Portugal [8º]

Comments on "As mais belas rotundas de Portugal [8º]"

 

Blogger dorean paxorales said ... (agosto 16, 2006 5:31 da tarde) : 

E aqueles 50 km da estrada de Cantanhede que liga Coimbra à Vagueira? Não serão todas belas mas conquistam concerteza o prémio da maior densidade de rotunda/km.

 

Blogger Nuno Guronsan said ... (agosto 17, 2006 12:06 da tarde) : 

Não há nada como as nossas terras suburbanas...

 

Blogger Xor Z said ... (agosto 17, 2006 11:44 da tarde) : 

Estava a ver que a rotunda do isaltino não vinha aqui parar.
Na verdade a zona não era bem um deserto, havia o bairro de Cacilhas de Oeiras e a Tapada do Mocho. Única vantagem a estrada que ligou a Paço de Arcos.
Sobre o SATU tem toda a razão: é um mono.
Sobre a densidade das rotundas na vila do marquês não sei se não é maior do que diz. Porém, trata-se dum mero pormenor.

 

Anonymous Anónimo said ... (março 05, 2008 1:09 da manhã) : 

O SATU e a sua implementação têm sido tudo menos pacíficos. As vantagens a ele inerentes não evitaram a formulação de críticas e processos judiciais por parte dos moradores do bairro da tapada do mocho, reportadas ao ruído por este emitido, bem como pelo facto de a linha do SATU estar junto a janelas, rente a edifícios de habitação preexistentes, sombra criada sobre os edifícios e perda de vistas para o mar, destruição de espaços verdes e praga de pombos que usam a estação como refúgio, tratando-se ainda de um meio de transporte sem utilizadores, sendo já conhecido como 'comboio-fantasma'. A isso juntam-se também os protestos dos vereadores da oposição pelos elevados custos de manutenção aliados às baixas taxas de ocupação.

 

post a comment

Links to "As mais belas rotundas de Portugal [8º]"

Criar uma hiperligação