Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

quinta-feira, outubro 26, 2006

Miguel Bombarda: Ei-los que partem!

Comments on "Miguel Bombarda: Ei-los que partem!"

 

Anonymous Anónimo said ... (outubro 26, 2006 6:10 da tarde) : 

Se calhar não vale a pena bater no ceguinho, mas este é mais um exemplo de como a tão falada reabilitação urbana parte dos pressupostos errados.
O que a arte contemporânea fez pela recuperação da baixa através das galerias da Miguel Bombarda é infinitamente superior ao que qualquer SRU, planos de pormenor, masterplans e o diabo a quatro que burocratas cinzentos e promotores radiantes com a palavra 'Baixa' sempre na boca, alguma vez poderão fazer.
É pena que pouca gente perceba isso!
Afinal é só arte e "enquanto houver gente a viver sem condições qual é a importância de um quarteirão cheio de galerias"?
Está tão triste a vida no Porto.
Eu acredito que vale a pena bater no ceguinho.
hs

 

post a comment

Links to "Miguel Bombarda: Ei-los que partem!"

Criar uma hiperligação