Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

sexta-feira, maio 01, 2009

Abuso de menores

Comments on "Abuso de menores"

 

Blogger T.Mike said ... (maio 01, 2009 10:43 da tarde) : 

Uma tempestade esquisita.
Dá-me a sensação, por vezes, que os paizinhos barafustam porque não foi pago cavhet aos putos.

 

Blogger David Afonso said ... (maio 01, 2009 11:26 da tarde) : 

E não estariam no direito deles?!

 

Blogger T.Mike said ... (maio 02, 2009 10:09 da manhã) : 

Aaahhhh!!!!
Bem me parecia que era uma questão de princípios éticos...

 

Blogger David Afonso said ... (maio 02, 2009 12:01 da tarde) : 

Mas apesar de estarem no direito deles, essa não é a questão. Mike, amigo: se fosse o seu filho ou irmão a aparecer num tempo de antena de um partido sem autorização do encarregado de educação o que diria?

OBS lateral: é muito português essa coisa de pensar que dinheiro e ética não têm nada a ver um com o outro. Se alguém exigir ser ressarcido por danos morais não passa de um oportunista?!

 

Blogger T.Mike said ... (maio 02, 2009 12:24 da tarde) : 

David Afonso,
dinheiro e ética não têm nada a ver um com o outro quando o sururú é apresentado como crime de lesa indivíduo.
Quanto ao seu primeiro parágrafo, pela razão de ser um acto público, leva-nos a pôr em causa toda e qualquer imagem que venha a ser tomada, pela comunicação social, quer seja numa paisagem, numa manifestação ou a beber água de um chafariz.
O caso aqui não é uma imagem de "paparazzi", que por invadir intimidades pode ser julgada.
Acho que quizeram fazer chicana política utilizando para isso os miúdos, que até parece estavam contentes.
Mas já tiveram o que queriam. O Secretário-geral do PS já pediu desculpa. Agora pilim não há...
Saudações.

 

Blogger David Afonso said ... (maio 03, 2009 4:41 da tarde) : 

As crianças estavam na escola, não numa manifestação. Era suposto tratar-se de uma recolha de imagens para o ME, não para o PS. E sim, foi um comportamento digno de um paparazzi. Das suas palavras depreendo que não teria qualquer objecção em que utilizassem uma imagem de um filho seu para fins não declarados e sem a sua autorização. Porreiro, pai!

 

post a comment

Links to "Abuso de menores"

Criar uma hiperligação