Dolo Eventual

David Afonso
[Porto]
Pedro Santos Cardoso
[Aveiro/Viseu]
José Raposo
[Lisboa]
Graça Bandola Cardoso
[Aveiro]


Se a realização de uma tempestade for por nós representada como consequência possí­vel dos nossos textos,
conformar-nos-emos com aquela realização.


odoloeventual@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue Grandes Dramas Judiciários

Visite o nosso blogue metafísico: Sísifo e o trabalho sem esperança

O Dolo Eventual convida todos os seus leitores ao envio de fotografias de rotundas de todos os pontos do país, com referência, se possível, à sua localização (freguesia, concelho, distrito), autoria da foto e quaisquer dados adicionais para rotundas@gmail.com


Para uma leitura facilitada, consulte o blogue As Mais Belas Rotundas de Portugal


Powered by Blogger


Acompanhe diariamente o Dolo Eventual

segunda-feira, julho 16, 2007

Pensamentos: a desventura máxima é a solidão

Comments on "Pensamentos: a desventura máxima é a solidão"

 

Blogger Pedro Santos Cardoso said ... (julho 16, 2007 3:48 da tarde) : 

Excelente escolha.

 

Blogger JÚLIO SILVA CUNHA said ... (julho 16, 2007 4:53 da tarde) : 

Pavese era um tipo "doente". O suicídio foi a forma escolhida para colocar fim a uma certa angústia exestencial. Acho o text muito bom, embora tenha que fazer o devido desconto (em ordem a perceber o contexto do autor).

Interessante que hoje em dia, de todos os textos de Pavese, os seus diários são considerados o mais alto momento da sua literatura. Talvez por permitir ao leitor conviver com a dor de um homem "doente"!

Boa escolha!

J.

 

Blogger JÚLIO SILVA CUNHA said ... (julho 16, 2007 4:54 da tarde) : 

É curioso que Pavese suicidou-se em Turim...tal como Primo Levi!
Aquelas altitudes piemontesas não ajudam nada...
J.

 

Blogger Pedro Santos Cardoso said ... (julho 16, 2007 5:22 da tarde) : 

Doentes somos todos nós, Júlio.

 

Blogger JÚLIO SILVA CUNHA said ... (julho 17, 2007 2:33 da tarde) : 

Tenho dúvidas.

 

post a comment

Links to "Pensamentos: a desventura máxima é a solidão"

Criar uma hiperligação